CARTA DE APOIO À REPRESENTAÇÃO DA CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CONVENTION & VISITORS BUREAUX – CBCVB

CAROS DIRIGENTES E AMIGOS DA REDE BRASILEIRA DE CONVENTION & VISITORS BUREAUX
20 de junho de 2015
Ministro afirma que Turismo precisa de força política, não de técnicos!
28 de junho de 2015
Compartilhe

A Federação de CVBx do Estado do Rio de Janeiro, neste ato representando os CVBx de Paraty, Angra dos Reis, Petrópolis, Teresópolis, Nova Friburgo, Campos dos Goytacazes, Macaé, Rio das Ostras, Armação dos Búzios e Cabo Frio, declara total apoio à CBCVB e a atual gestão da entidade superior dos CVBx de todo Brasil.

Reconhecemos a CBCVB desde o ano de 2006, ano em que fundamos a FCVB-RJ por meio de cinco CVBx, na época capitaneados pelo Rio CVB.

Reconhecemos e agradecemos os parceiros fundadores desta Federação como a ABIH-RJ, a ABEOC-RJ, a FBHA, a CNC, a FACERJ, a BITO, a ABAV-RJ, o SindRio, a ACRio, a Abrasel-RJ, a RIOTUR, a TURISRIO, a SETUR-RJ, ao Sebrae-RJ, a ABBTUR, e diversos outros. Declaramos também que no RJ, todos trabalhamos pela melhoria do setor de turismo em nosso Estado em conjunto, com decisões que atendam sempre ao desejo da maioria de forma democrática.

Reconhecemos e declaramos que a CBCVB sempre foi tida como uma das principais entidades executoras da promoção Internacional do Brasil desde 2003, em estreita parceria e união com a EMBRATUR e o com o recém criado Ministério do Turismo, trabalho que nos fez alcançar o sétimo lugar no ranking ICCA internacional de eventos.

Foi a CBCVB que durante anos apoiou o Fórum Nacional dos Secretários de Turismo Estaduais – FORNATUR, importante fórum do turismo nacional que alavancou o setor e multiplicou os empregos e a renda gerada.

Foi através da CBCVB que a denominação de Convention & Visitors Bureaux se multiplicou pelos destinos pequenos, médios e grandes de todo Brasil, chegando atualmente a mais de cento e quinze CVBx, criando-se o Manual de Boas Práticas, integrante do Projeto de Competitividade dos CVBx, o Código de Condutas e os Estatutos e Regimentos Internos de cada CVB. É deste tempo a produção de materiais de divulgação de destinos e de estados como o Show Case Nacional e alguns Estaduais e Municipais. Isto foi possível através da união de diversos setores da iniciativa pública e privada.

Por problemas de ordem econômica e política, a partir de 2010 foram extintos diversos convênios nacionais e outros tantos não puderam mais ser feitos, ficando proibido a realização de qualquer convênio público/privado, através de Lei específica.

Desde então diversas entidades começaram a ter problemas que persistem até os dias atuais, uma situação que deve ser encarada por todos os envolvidos pela CBCVB e por diversas outras entidades do turismo Nacional. E é isto o que estamos fazendo na CBCVB. Os objetivos são de fortalecimento da única entidade superior dos CVBx, renovando a gestão e melhorando a comunicação e objetivos de sustentação financeira de todos os CVBx, onde defendemos a regulamentação da room tax definitivamente. Se vai se tornar compulsória ou não, vai depender da vontade da maioria dos CVBx de todo País, assim como qualquer Lei que é discutida na Câmara e no Senado Federal. O que não podemos permitir é perder mais tempo na discussão do modelo adequado enquanto a maioria dos CVBx Brasileiros encontram-se na UTI aguardando esta forma de financiamento exclusiva dos CVBx em todo mundo, que já acontece por aqui de forma facultativa. Por ser desta forma, empresas nacionais e pessoas se negam a pagar o que não é obrigatório, mas em contrapartida essas mesmas empresas e pessoas recolhem no exterior e desta forma multiplicam as oportunidades do turismo de diversos países no exterior há muitos anos. Pior ainda é perceber que grandes empresas multinacionais seguem estas determinações aqui no Brasil e não aceitam pagar esta contribuição expontânea, mas em seus países pagam normalmente.

Qual será o Presidente de CVBx que não desejaria poder gerir seu CVB com profissionalismo e com recursos próprios pagos pelos visitantes de cada cidade por este Brasil afora? Poder ter a participação de turismologos na secretaria executiva e no desenvolvimento de ações que produzam aumento no número de visitantes nas cidades, no número de eventos de qualquer natureza e de acordo com a capacidade de cada cidade. Poder ter condições financeiras de desenvolver materiais de divulgação e de captação profissionais do destino e tantas outras ações e serviços necessários aos empreendedores do turismo, as cidades, as populações que dependem destas atividades e etc.

Finalmente aproveitamos para agradecer o que até aqui foi feito em prol dos CVBx Fluminenses pela CBCVB e ratificamos todo e qualquer pleito que a mesma desenvolva no âmbito nacional e internacional.

Na esperança de dias melhores, nos despedimos rogando ao Criador que ampare os indecisos e despeje luzes aos obstinados.

Atenciosamente.

Marco Antônio Antunes Navega

Presidente

Rio de Janeiro, 19 de junho de 2015

Á Confederação Brasileira de Convention & Visitors Bureaux – CBCVB

CARTA DE APOIO À REPRESENTAÇÃO DA CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE

CONVENTION & VISITORS BUREAUX – CBCVB

logo3333

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate