AEROPORTO DE CABO FRIO RECEBE ANTONOV

PALAVRA DO PRESIDENTE
11 de dezembro de 2021
ALERJ DEBATE FUNDO SOBERANO À REGIÃO DOS LAGOS
11 de dezembro de 2021
Compartilhe

Com a segunda maior pista do Estado do Rio, ficando atrás apenas do Galeão, o Aeroporto Internacional de Cabo Frio recebeu no último dia nove o cargueiro Antonov AN-124-100, que é o segundo maior avião de carga civil do mundo. Procedente de Houston, nos Estados Unidos, o avião pousou com 40 toneladas de carga.

Inaugurado em 1998, o Aeroporto de Cabo Frio está habilitado a operar grandes aeronaves cargueiras e de passageiros, com capacidade de movimentação de 570 mil passageiros por ano. O Antonov mede 68,9 metros e pode embarcar até 150 toneladas de carga. No Canadá, o AN-124-100 já transportou vagões de trem para a Irlanda. Nos Estados Unidos, um submarino de resgate da Marinha Americana foi o “passageiro”.

O Cabo Frio Airport é o primeiro aeroporto público com gestão privada do Brasil. Em 2007, teve sua pista ampliada, tornando-se a segunda maior pista do Estado do Rio de Janeiro. Hoje, recebe voos comerciais de passageiros das empresas Azul e Gol, voos comerciais de carga da Latam, voos internacionais fretados de passageiros e carga, além de aviação geral (voos particulares) e offshore (voos de helicópteros para as plataformas de petróleo).

O aeroporto tem localização estratégica não só para a atividade turística na Costa do Sol (o equipamento está no entorno das belíssimas praias da região), mas também para o desembarque de insumos e implementos para a indústria de óleo e gás, muito forte na região. “Desde 2001 o Cabo Frio Airport é operado pela concessionária Costa do Sol e vem investindo na região continuamente, nosso objetivo é tornar o nosso aeroporto um dos principais ativos logísticos do estado”, disse Rodrigo Abreu, diretor-geral do aeroporto.

Presidente do Conselho de Turismo da Costa do Sol, (Condetur), Marco Navega comentou que o fortalecimento do Cabo Frio Airport é importante não somente para a economia fluminense como também para o turismo da Costa do Sol, formado por 13 municípios, três deles (Cabo Frio, Búzios e Macaé) na categoria A do turismo brasileiro. “Estamos pedindo apoio ao governador Cláudio Castro que faça investimentos em infraestrutura na Costa do Sol, em especial nos acessos ao aeroporto. A prioridade é a abertura da Estrada do Nelore, de 2,5 kms de extensão, em Cabo Frio, que vai promover a interligação viária da Costa do sol, com benefícios para o turismo, a economia e para os moradores”, defendeu Navega.

Os comentários estão encerrados.

Translate