Conheça e descubra os melhores destinos.
Um Estado maravilhoso espera por você

PRESIDENTE DA FC&VB-RJ PARTICIPA DO 2º INNOVATION WEEK

Publicado por Tatiana Mesquita em 10 de novembro de 2022

 

O Presidente da Federação de Convention & Visitors Bureaux do Estado do RJ, Guilherme Abreu, participou da segunda edição do Rio Innovation Week, evento realizado entre os dias 08 e 11 de novembro no Píer Mauá, na região portuária no Rio de Janeiro, com o objetivo de preparar os participantes para o futuro e os impactos da tecnologia na transformação dos negócios, dos esportes e da sociedade.

“É sempre bom participar de um evento como esse. Nesse evento temos oportunidades para ideias, criações e inovações, abrindo portas para o nosso segmento. É ver na prática sonhos sendo realizados! Um verdadeiro prazer fazer parte de tudo isso”, diz Guilherme.

Segundo um dos idealizadores do RIW, Fábio Queiróz, o principal desejo é gerar grandes negócios e também possam entregar experiências e conhecimento. “Esse é o maior evento de tecnologia das Américas. Minha expectativa é que possamos plantar a semente da transformação digital, seja em que escala ele estiver. Se for transformado digitalmente, que a gente aprimore isso, que ele tenha contato com a tecnologia, que experimente”.

A primeira edição ocorreria em novembro do ano passado mas, devido à variante Ômicron, da covid-19, foi realizada em janeiro deste ano no Jockey Club, em razão da temporada de cruzeiros no Píer Mauá. Ao todo são 1.700 conferencistas em 27 palcos.
Mais de novecentos pitchs (apresentação verbal concisa de uma empresa) já foram agendados por 2.200 startups (empresas emergentes).

Presidente da Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro (Asserj) e vice-presidente da Associação dos Supermercados das Américas (Alas), Fábio Queiróz disse que no mesmo pavilhão haverá startups, investidores e mentores. “Se por acaso, uma startup procurar um investidor e ele apontar que faltam condições para que a empresa obtenha os investimentos necessários, ela pode se dirigir a um mentor que a orientará a cumprir as exigências para retornar ao investidor”, explica.

Na primeira edição, foram gerados R$ 300 milhões em negócios. Nesta segunda, a perspectiva é atingir R$ 1 bilhão. Ao todo são 27 nichos como agro, turismo, cultura, saúde, games (jogos), varejo, sociedade 5.0, educação, sustentabilidade, música e outros.