6 CIDADES PARA CURTIR O INVERNO NO ESTADO DO RJ

TERESÓPOLIS É DESTAQUE PARA O INVERNO EM RANKING FEITO POR PLATAFORMA DE VIAGEM
19 de junho de 2022
Turismo LGBTQIA+ no Rio de Janeiro
29 de junho de 2022
Compartilhe

Vítor Mattos – Redação

O inverno já chegou e a verdade é que as baixas temperaturas já estavam dominando os arredores do Estado do Rio, há algum tempinho, não é mesmo? E com esse frio, tem coisa melhor que aproveitar as opções que as nossas cidades do interior oferecem? Seja para apreciar uma boa companhia a dois, curtir um jantar especial ou uma programação diferenciada, a realidade é que o Rio de Janeiro tem destinos incríveis, bem pertinho da capital e com custos que cabem no bolso de todos os públicos. Por isso vamos as dicas que a FC&VB preparou para curtir a temporada de frio por aí.

Uma das cidades queridinhas dos visitantes é Petrópolis, com baixas temperaturas e cenários de arrancar o fôlego. O local que conserva boa parte da história do Brasil-Império, também reúne atrativos incríveis para esta estação. O destaque fica para a boa gastronomia local e as programações especiais, como o Festival de Fondues, Racletes, Caldos e Cremes, que será realizado durante todo o mês de julho, a Bauernfest, que esse ano acontece em agosto e o Festival Sesc de Inverno, que começa no próximo dia 14. Com uma série de restaurantes renomados e o destaque para a culinária alemã, a cidade também recebe neste fim de semana, mais uma edição da Oktoberfest no Parque de Itaipava.

Para quem quiser aproveitar o período para conhecer a Região Serrana como um tudo, subindo mais um pouco a Serra, se chega a Teresópolis. A cidade foi batizada com este nome em homenagem à Imperatriz Teresa Cristina. O município é conhecido como a capital nacional do montanhismo e também é o mais alto de toda a Serra Fluminense. Suas lindas paisagens e montanhas, fazem o local ser destino certo para casais, que buscam uma viagem romântica. Mas também vale para amigos que queiram fazer turismo cervejeiro em um dos empreendimentos da Região ou acompanhar um pouco das instalações onde a Seleção do Brasil treina, na Granja Comary. A boa culinária também é uma das vocações de Terê, como é carinhosamente chamada por quem a visita.

Vale destacar que Teresopolis foi escolhido pela plataforma Ōner Travel, startup que possibilita a venda de viagens via redes sociais, como um dos cinco destinos mais procurados durante o período de frio. A cidade está na listagem ao lado de Gramado no Rio Grande do Sul, Valle Nevado no Chile, Curitiba no Paraná e Bariloche na Argentina.

Em Nova Friburgo, as paisagens também são um atrativo que encanta os visitantes, além de reunir uma ampla variedade de cachoeiras, riachos, mirantes e montanhas. Um dos destaques é o distrito de lumiar, onde há um forte movimento de esportes de aventura, incluindo o rafting e a canoagem, além das belas pousadas e ricas opções deliciosas. Os Jardins do Nova Friburgo Country Clube, projetados por Glaziou, paisagista francês, também responsável pelo projeto da Quinta da Boa Vista, reúne espécies raras e são um show a parte. A beleza do Pico do Caledônia, o segundo maior em altitude da Serra do Mar permite desfrutar de uma das mais belas vistas da cidade e de outras localidades próximas podendo até visualizar a Baía da Guanabara e uma parte da cidade do Rio de Janeiro.

No Sul do Estado, fica localizada Visconde de Mauá, região composta por parte de dois estados, Rio de Janeiro e Minas Gerais, e três municípios, Resende, Itatiaia e Bocaina de Minas. Com um conjunto de Vales e Vilas que despertam sensações incomparáveis de paz e tranquilidade, as construções são verdadeiros cenários da vida rural. E é essa simplicidade que encanta os visitantes. Além disso, o local que fica na Serra da Mantiqueira pode atingir temperaturas de -3°C no inverno. Na Região é possível admirar lindos espaços de área verde, cachoeiras e também conhecer construções que permitem um cenário único, de toda a extensão das montanhas que cercam este entorno.

Já em Miguel Pereira, no Centro Sul, tem o que é considerado o 3º melhor clima do mundo. Localizado no Vale do Café, a Região tem fazendas históricas e uma atmosfera bucólica. O período que vai até setembro é considerado o melhor para aproveitar os rios, cachoeiras e lagos. Um dos pontos turísticos mais procurados é o Viaduto Paulo de Frontin, construído em 1897 e possui uma altura de 25 metros, o que é perfeito para os aventureiros que aproveitam para fazer saltos de rapel. No lago Javary é possível fazer passeios de pedalinho e encantar as crianças. É possível ainda conhecer o Museu localizado na Estação Ferroviária de Miguel Pereira, com uma série de objetos que remetem à estrada de ferro. O local ainda possui um acervo que conta a história do município e também é bastante visitado pelos turistas.

Fechando a nossa lista de destinos está Valença, onde também não faltam casarões históricos e fazendas de café. Para muitos turistas, o destaque está na simpática Conservatória, conhecida como a “terra da seresta”. Nesta temporada, acontece o maior evento do calendário da região, o Festival do Vale do Café. A dica é: o centro de Valença não é muito grande. Então você pode facilmente percorrer a maioria das atrações a pé, em uma caminhada sem pressa e cheia de história. A praça XV de Novembro, também foi uma obra de Glaziou, que também desenvolveu o projeto do Jardim de Cima, que reúne uma série de construções históricas ao seu redor e um charmoso coreto.

Os comentários estão encerrados.

Translate