OTÁVIO LEITE DEIXA O CARGO EM MEIO À CRISE NO TURISMO

RIO BUSCA INVESTIMENTOS FEDERAIS NO TURISMO
19 de junho de 2020
JÚRI NACIONAL APROVA BANDEIRA AZUL NO PERÓ
4 de julho de 2020

Em meio à maior crise enfrentada pelo setor em todos os tempos, o secretário estadual de Turismo do Rio, Otávio Leite, pediu exoneração do cargo ao governador Wilson Witzel. Em nota oficial, ele alega que está deixando o cargo para se dedicar “a um projeto acadêmico”. A decisão, anunciada na manhã do sábado, surpreendeu o setor de turismo. Na noite de sexta-feira, Otávio Leite chegou a participar de uma live para discutir a retomada do turismo fluminense após a pandemia.

A exoneração de Otávio Leite deve ser publicada no Diário Oficial de segunda-feira. Assume o cargo interinamente a subsecretária Adriana Homem de Carvalho, que conta com o apoio de boa parte do setor de turismo para ser efetivada no cargo. Do setor de eventos, Adriana, contudo, recebeu convite para atuar na iniciativa privada em Canelas, sua cidade natal, no Rio Grande do Sul.

No comando da Secretaria de Turismo (Setur) desde o início do governo Witzel, Otávio Leite trabalhou para o Rio retomar os vôos internacionais que perdeu para São Paulo, participou de várias feiras internacionais de turismo e abriu espaço para o interior nos projetos da Setur. No momento, finalizava o “Rio Turismo Consciente”, que pretende ajudar na retomada das atividades turísticas em todo o estado. Otávio não deu declarações e, na nota oficial distribuída por sua assessoria afirmou: “eu acredito no
Turismo do nosso Rio de Janeiro”. O ex-secretário é primeiro suplente de deputado federal.

— Uma perda que, esperamos, seja passageira, pois não temos tempo e precisamos reerguer o turismo. A Adriana Carvalho preenche nossa confiança para a continuidade desta jornada – disse o presidente da Federação dos Conventions Bureau do Estado do Rio e do Conselho de Desenvolvimento do Turismo da Costa do Sol, Marco Navega,  que convocou uma reunião extraordinária do setor, na terça-feira, para discutir a mudança na Setur.

Presidente do Fórum dos Secretários municipais de Turismo, Léo Anderson, de Macaé, disse que Otávio Leite sempre respeitou, buscou diálogo com os diversos setores e deu dinâmica diferenciada à pasta do turismo do estado:

— O nome de Adriana de Carvalho é fundamental para a continuidade do trabalho e não podemos de forma nenhuma permitir que o governador Wilson Witzel negocie a pasta em troca de apoio na Alerj – reagiu Anderson.

Presidente do Convention Bureau de Cabo Frio, Maria Inês Oliveiros lamentou a saída de Otávio Leite. Integrante do movimento Amigos do Peró, Henrique Nascimento, lembrou o apoio do ex-secretário ao projeto Bandeira Azul na Praia do Peró e afirmou que a sua saída “é uma baixa importante no governo estadual”:

— Pela primeira vez a Setur ficou tão próxima do interior e fazendo um trabalho excelente. Otávio Leite fará muita falta – disse Maria Inês.

Os comentários estão encerrados.

Translate